Palestrantes da XIX Semana de Economia da URCA

            "Desafios para o Desenvolvimento Regional e Local em Tempos de Crise"

Fabio Maia Sobral

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (1995), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal do Ceará (2003) e doutorado em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2008). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Ceará dos cursos de graduação em Economia Ecológica e Ciências Econômicas e do mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente da UFC - Prodema. Orientador de mestrado e co-orientador de doutorado. Atua principalmente nos seguintes temas: Marx, alienação, concepção circular de filosofia, filosofia, história econômica, história do pensamento econômico e economias alternativas.

Acesse o link:<lattes.cnpq.br/0528887610181340>

 

Francisco José Soares Teixeira

Possui graduação em Economia pela Universidade de Fortaleza (1979), mestrado em Teoria Econômica pela Universidade Federal do Ceará (1983), livre docência em Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (1999) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2004). Foi professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará, professor permanente da Universidade Federal do Ceará e professor titular da Universidade de Fortaleza. Atualmente é professor titular da Universidade Regional do Cariri (URCA) do departamento de Ciências Econômicas. Sua atuação pauta-se, principalmente, nos seguintes temas: salário, conflito capital trabalho, crise econômica, condições de vida e política econômica.

Acesse o link:<lattes.cnpq.br/6900290105894069>

 

Fernando Augusto Mansor de Mattos

Professor-associado na Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense, atuando tanto na Graduação quanto no programa de Pós-Graduação (PPGE - UFF). Desenvolve pesquisas na área de Desigualdade Econômica e Distribuição de Renda, Economia Brasileira Contemporânea, Desenvolvimento Econômico, Emprego, Mercado de Trabalho e Pensamento Econômico Brasileiro. Desenvolveu pesquisa intitulada THE DEBATE ON INCOME DISTRIBUTION IN BRAZIL IN THE 2000s IN HISTORICAL PERSPECTIVE, como Visiting Scholar no Institute of Latin American Studies (ILAS), na Universidade de Columbia (Nova Iorque - EUA), sob a supervisão de José António Ocampo, entre julho de 2017 e junho de 2018. Desenvolve estudos internacionais comparados sobre Desigualdade Econômica e Distribuição de Renda, pesquisando casos tanto dos países desenvolvidos, como de países das chamadas "Economias em Transição", como China e Russia, e também as experiências de países latino-americanos, em especial o caso brasileiro. Atuou como bolsista em regime PNPD pela Assessoria da Presidência do IPEA, participando, como pesquisador-visitante, no desenvolvimento de pesquisa sobre o Setor Público Federal brasileiro e sobre o mercado de trabalho do Brasil, bem como de experiências internacionais comparadas sobre emprego público e políticas sociais. Possui mestrado (1994) e doutorado (2001) em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Foi pesquisador-visitante do IRES ("doutorado sanduíche"), na França, por três meses entre o final de 1999 e o ano 2000. Também trabalhou no DIEESE (1993-1994) e na Fundação SEADE (1994-1995).

Acesse o link:<lattes.cnpq.br/3271511803825471>

 

Carlos Eduardo dos Santos Marino

Doutor em Economia pelo CAEN da Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestre em Economia (CAEN/UFC). Auditor Fiscal Adjunto da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (SEFAZ-CE) licenciado. Desde 2017, é Secretário de Finanças e Planejamento do Município do Crato, no Estado do Ceará. Foi Pesquisador do Laboratório de Estudos da Pobreza - LEP/CAEN/UFC e do Observatório de Finanças Públicas do Ceará - Ofice/Fundação Sintaf. Tem como áreas de interesse: desenvolvimento econômico, pobreza, desigualdade, Finanças Públicas, Federalismo Fiscal.

Acesse o link:<lattes.cnpq.br/2925676275727139>

Antonia Otonite de Oliveira Cortez

 

Foi reitora da Universidade Regional do Cariri-URCA, mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000); graduada em História pela Faculdade de Filosofia do Crato (1984).

Acesse o link: <lattes.cnpq.br/4907168243846426>

 

Ronald de Figueiredo e Albuquerque

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (1975) e mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (1987). Doutorando em Educação na Universidade Federal do Ceará. Atualmente, é professor efetivo adjunto 12 da Universidade Regional do Cariri. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia Rural e Educação do Campo.

Acesse o link: < lattes.cnpq.br/7256075551788642>

 

Francisco do Ó de Lima Júnior

Doutor em Desenvolvimento Econômico pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, na área de Economia Regional e Urbana. Realizou Estágio de Doutorado com Bolsa CAPES no Institut für Geographie - Universität Innsbruck (Instituto de Geografia da Universidade de Innsbruck, Áustria), sendo supervisionado pelo Prof. Dr. PhD Martin Coy. Possui mestrado em Economia pelo Instituto de Economia da Universidade Federal de Uberlândia/MG (2008) e graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri (URCA) (2001). Tem Especialização em Planejamento e Políticas Educacionais pela URCA. Atualmente é Professor Associado do Departamento de Economia da URCA (DE/URCA) e também da Diretoria do Geopark Araripe, um Projeto de Desenvolvimento e Preservação Territorial reconhecido e tutelado pelo Programa de Geoparks Mundiais da UNESCO. É Professor do Programa de Pós-graduação em Planejamento e Dinâmicas Territoriais do Semiárido (Mestrado Acadêmico), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Campus Avançado Profa. Maria Elisa Albuquerque Maia (CAMEAM) de Pau dos Ferros/RN. Faz parte como professor pesquisador da Cátedra UNESCO Geoparks, Sustainable Regional Development and Healthy Lifestyles do Programa de Cátedras e Rede UNITWIN da UNESCO. Trabalha com temas na área de Economia e Desenvolvimento Econômico, com ênfase em Economia Política da Urbanização, Economia e Desenvolvimento Regional e Urbano, Planejamento Regional e Urbano, Economia do Ceará e do Cariri, explorando investigações como: território e desenvolvimento, espacialidades econômicas e rede urbana, transformações inter e intra urbanas, divisão espacial do trabalho no capitalismo contemporâneo. É Reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), eleito com ampla maioria nos três segmentos (estudantes, servidores e professores) em consulta acadêmica, e nomeado pelo Governador do Estado do Ceará para o mandato de 2019-2023.

Acesse o link: < lattes.cnpq.br/0923647677816521 >

 

José Flávio Pinheiro Vieira 

Médico formado pela Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), escritor premiado, dramaturgo e intelectual cratense.  Atua como cirurgião e clínico geral, tendo destaque também como escritor, poeta e cronista, sendo grande incentivador da produção cultural no Cariri. Escreveu diversos livros: “A terrível Peleja de Zé de Matos com o Bicho Babau nas Ruas do Crato”; “Matozinho vai à Guerra”; “O Mistério das 13 portas no Castelo Encantado da Ponte Fantástica”; “A delicada Trama do Labirinto”, e o mais recente – “Dormindo à borda do abismo: A Medicina no Cariri Cearense (1800-1900)”, publicado em 2018.

 

Maria Lireda de Alencar Noronha

Professora aposentada do Departamento de História da Universidade Regional do Cariri (URCA). Pós-graduada em História do Brasil pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC - MG). Lecionou as disciplinas de História do Brasil, Prática de Ensino e Estágio Supervisionado.